Coronavírus: Diretoria da APRI suspende limpeza de lotes e investimentos voltam a ser cobrados

Publicado em: 01/06/2020

Devido a pandemia do Covid-19, a diretoria da APRI havia suspenso a cobrança dos investimentos aprovados na última Assembleia Ordinária por dois meses, e efetuou diversos cortes no orçamento, as medidas buscavam manter equilibradas as finanças da Associação, e contribuir para que o associado pudesse arcar com as taxas associativas durante esse período.

As medidas surtiram efeito, e foi possível manter os serviços básicos e a rotina da APRI durante esses 60 dias, com uma taxa de inadimplência aceitável dentro do cenário atual.

Neste sábado dia 30/05 a diretoria em nova reunião, adotou novas medidas, e três decisões afetam diretamente grande parte dos associados foram:

1ª- Suspensão da limpeza dos lotes no mês de junho.

Aprovada na última AGE os lotes teriam que ser limpos três vezes ao ano, uma vez a mais que em anos anteriores, por conta da pandemia a diretoria da APRI, decidiu prorrogar essa exigência para o ano de 2021 e com isso desonerar tanto o associado, quanto a APRI, que apesar do custo ser arcado pelo associado, a Associação acaba pagando grande parte dos valores de maneira antecipada para depois receber, sem contar as inadimplências.

A próxima limpeza deverá ser executada no mês de outubro por todos os proprietários de lotes e obras paralisadas.

2ª - Retomada dos investimentos.
Os investimentos serão retomados paulatinamente, para tanto, as contribuições voltarão a serem cobradas a partir deste mês de junho.

As cobranças das taxas de investimento de R$ 84,86 que não foram realizadas nos meses (abril e maio), serão diluídas e cobradas entre os meses de junho/20 a fevereiro/21, dessa forma, a partir deste mês a taxa de investimento será de R$ 103,72, somada a única taxa de investimentos que foi mantida nesse período, a cobrança do investimento da Usina Solar no valor de R$ 36,85, haja vista que a obra já estava em andamento e paga pela Associação. A Usina foi concluída e somente não entrou em operação por questões operacionais da Elektro, que realizará a última inspeção nos próximos dias para que a Usina possa começar a produzir energia.

3ª – Boleto Eletrônico
Atualmente a APRI gasta por mês cerca de R$ 1.400,00 de correio para enviar os boletos para os associados, que na sua grande maioria não precisaria estar recebendo o boleto físico, já que recebem por e-mail, mas pela correria do dia a dia, não solicitam o cancelamento do boleto físico.

Para eliminar parte deste custo, a diretoria adotou o boleto eletrônico como regra e quem desejar receber o boleto físico pelo correio terá que solicitar através de e-mail para a secretaria da APRI. Essa regra já está em vigor para os boletos do mês de junho/2020 – Fique atento! 

A diretoria segue alerta e novas medidas podem ser tomadas caso sejam necessárias.

Veja mais

Velocidade máxima permitida

Ao entrar no residencial lembre-se: você ...

Programe-se para o feriado

Não haverá expediente em Obras e na Secretaria ...

🏠 😊 Eles querem um Lar 😊🏠

Ajude eles a encontrar uma família

Retornar Ver todas

© Reserva Ibirapitanga. 2014. Todos os direitos reservados. Desenvolvimento: Witix